Gal Costa se apresenta na Virada Sustentável

Créditos:Júlia Rodrigues

Entre os dias 02 e 22 de setembro ocorre a 11ª Virada Sustentável na capital paulista. Neste ano, #MinhaMensagem é o tema norteador do maior festival de sustentabilidade do país, que traz mensagens importantes sobre este momento de construção coletiva para o futuro pós-pandemia. O tema permeia toda a programação do evento, que é gratuita e repete o modelo híbrido experienciado na edição de 2020.

As 100 frases da campanha foram elaboradas por 100 organizações de diversos setores da sociedade civil. As mensagens se conectam com os shows, apresentações artísticas e intervenções urbanas, e também estarão estampadas em mobiliário urbano, escadas de estações do Metrô, empenas de prédios e escolas distribuídos por várias regiões de São Paulo. "Nessa Virada, a cidade é nosso mural. Nosso objetivo é alcançar toda a população com mensagens positivas e de reflexão para que possamos sair da pandemia com um pensamento voltado à sustentabilidade", conta André Palhano, um dos fundadores da Virada Sustentável.

Durante todo o festival, mais de 400 pontos da cidade estarão com as frases da campanha #MinhaMensagem, reforçando os conceitos de sustentabilidade em sua amplitude. Os cidadãos paulistanos serão impactados com esta ação, que estará presente nos pontos de ônibus, em grandes aplicações nas escadas de 18 estações do Metrô, além de projeções mapeadas em grandes empenas de prédios localizados em pontos centrais da cidade. Para Mariana Amaral, a campanha #MinhaMensagem é de utilidade pública: "estamos dando voz para várias organizações da sociedade civil, que nos trazem recados extremamente importantes sobre como podemos pensar o futuro pós-pandemia".

Além das intervenções nas escadas, de 2 a 22 de setembro, dez estações do Metrô (Vila Prudente, Jabaquara, Sé, Tucuruvi, Paraíso, Barra Funda, República, Tatuapé, Clínicas e São Mateus) serão pontos de coleta de eletroeletrônicos e pilhas. A população poderá descartar produtos de pequeno e médio porte, como: computadores, celulares, cabos, carregadores, pilhas alcalinas, secadores de cabelo, console de videogame, que ganharão destino adequado no ciclo da reciclagem.

Ainda no Metrô, a Virada Sustentável leva a exposição "Sem Saída", do cartunista estadunidense Andy Singer, para a estação Tatuapé, uma das estações de maior fluxo da cidade de São Paulo. Em seus cartoons, Singer traz uma reflexão sobre a mobilidade urbana. A exposição poderá ser vista durante todo o período da Virada Sustentável. Nas estações Paraíso, Luz, Sacomã e Brás, a exposição Embalagem Parade mostra como caixinhas tipo "longa vida" usadas podem ganhar utilidade depois de passarem por coleta seletiva.