Casa Branca espera que Congresso suspenda ou eleve teto da dívida em tempo hábil


Porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki afirmou nesta quarta-feira, 21, em comentários a repórteres a bordo do Air Force One, que o governo dos Estados Unidos espera que o Congresso "aja em tempo hábil" para suspender ou elevar o teto da dívida pública do país, "como foi feito três vezes" durante a gestão do ex-presidente Donald Trump.

Segundo Psaki, a medida não autorizaria novos gastos, mas sim tornaria possível ao Tesouro cumprir com aqueles já previstos e aprovados pelo próprio Congresso.

A porta-voz ainda disse que a Casa Branca leva a inflação "muito a sério", e que confia na visão majoritária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de que o nível de preços desacelerará em breve.

Psaki minimizou a importância da votação que ocorreu hoje no Senado dos EUA para decidir se as negociações pelo pacote de investimentos em infraestrutura de 1,2 trilhão começarão oficialmente. Para ela, a votação é apenas um processo legislativo que não decide sobre o projeto final do pacote. Enquanto a porta-voz falava, a tentativa de dar prosseguimento formal ao debate foi rejeitada pelo Senado, por 51 votos a 49.