Troca de etiquetas em Cumbica: PF aponta nova prisão indevida após mala ser achada com cocaína

Geral
Tipografia
  • Pequenina Pequena Media Grande Gigante
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times
O líbio Ahmed Hasan, de 37 anos, que tem nacionalidade brasileira, foi detido na Turquia sob acusação de tráfico de drogas. As etiquetas de duas das bagagens de Hasan, embarcadas no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, foram usadas para transportar 43 quilos de droga do Brasil para a Turquia, segundo revelou reportagem do Fantástico, exibida na noite deste domingo, 29.

Imagens obtidas pelo programa dominical da TV Globo mostram a apreensão de duas bagagens com 43 quilos de cocaína. Ambas foram embarcadas em Guarulhos, em nome de Malak Hasan, mulher de Ahmed, que está sendo acusado de tráfico de drogas injustamente, segundo aponta a Polícia Federal do Brasil.

Ahmed Hasan e sua família embarcaram em São Paulo no dia 22 de outubro do ano passado com destino a Istambul. Ao desembarcarem na Turquia, seguiram normalmente para a casa, sem serem interceptados pela polícia.

"Nos pegamos toda a nossa bagagem, nossos passaportes foram carimbados e entramos normalmente no País", contou Hasan em entrevista ao Fantástico. "Nada aconteceu."

A família ficou apenas alguns dias na Turquia e seguiu para a Líbia, onde acabou se estabelecendo. Em maio deste ano, ao retornar sozinho à Turquia em uma viagem de trabalho, Ahmed Hasan foi preso no aeroporto. Ele chegou a ficar preso, mas agora responde ao processo em liberdade, mas sem ter autorização para deixar a Turquia.

"Ela (uma advogada turca) disse que eu estava sendo acusado de tráfico internacional de drogas", contou Hasan na entrevista. "Eu me assustei, quase morri. Foi um choque enorme para mim."

Na verdade, as malas com as drogas etiquetadas com o nome da mulher de Hasan só saíram de Guarulhos em direção a Turquia em 26 de outubro de 2022, quatro dias depois da partida da família.

"Alguém retirou essa etiqueta, mas, em vez de usar no próprio dia, guardou para usar alguns dias depois, no voo onde foi a droga efetivamente", afirmou o delegado Felipe Lavareda, da Polícia Federal.

De acordo com o Fantástico, a concessionária que administra o aeroporto de Guarulhos disse que as companhias aéreas são as responsáveis pelo manuseio da bagagem. A empresa não se manifestou.

A família de Hasan procurou no Brasil a advogada Luna Provázio, que defendeu as brasileiras Jeanne Paollini e Katyna Baía, que planejaram férias na Alemanha, mas acabaram detidas por quase quarenta dias no país depois de terem suas bagagens trocadas por malas com cocaína.

Elas finalmente foram libertadas em abril deste ano, depois que ficou comprovado por imagens de câmeras de segurança, que as etiquetas de suas bagagens foram usadas em outras malas para transportar drogas.

Em outra categoria

Izabela Cunha, ex-noiva de Luan Santana, usou seu Instagram para desabafar sobre as mensagens que vem recebendo desde que o cantor reatou o namoro com Jade Magalhães.

Nesta quarta-feira, 28, a influenciadora falou sobre os ataques vem recebendo. "Hoje venho aqui pedir o melhor de vocês que lerem essa mensagem. Transmitam luz e paz... o mundo precisa disso! Eu acredito que o respeito é a base de tudo na vida! E eu respeito todos! Respeito o Luan, que convivi por quase 3 anos e tivemos muitos momentos felizes", escreveu.

Ela ainda ressaltou que, durante seu relacionamento com o cantor, sempre respeitou a história dele com Jade. "Respeitava a história que ele tinha vivido com a Jade e jamais incitei ou quis rivalidade entre duas mulheres do bem, e continuo respeitando e desejando que sejam felizes".

A influenciadora finalizou seu discurso desejando que a internet volte a ser um ambiente saudável. "Talvez um dia a internet possa voltar a ser um ambiente mais saudável em que todo mundo só espalhe amor para o outro".

Luan Santana usou seu Instagram nesta quarta-feira, 28, para confirmar que reatou relacionamento com Jade Magalhães. A especulação sobre a volta dos dois começou após eles serem flagrados juntos na última semana.

Na publicação, o cantor se declarou para a amada. "Eu te conheci dançando, eu te namorei caminhando, te imaginei de noiva, voando. Mas eu te perdi, caindo. Foi fod* ver ela indo", escreveu.

Os dois terminaram o noivado em 2020, após 12 anos de relacionamento. Em 2021, o cantor sertanejo começou a namorar com Izabela Cunha. Eles ficaram noivos, mas terminaram em maio do ano passado. Jade não assumiu nenhum relacionamento público depois do término.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Jessie J irá retornar ao Brasil para dois shows. O anúncio foi feito por meio das redes sociais da Tickets For Fun. A cantora vai se apresentar no Espaço Unimed, em São Paulo, e no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. Os shows serão, respectivamente, nos dias 30 de abril e 2 de maio.

Para os fãs da capital paulista, os ingressos estão sendo vendidos no site da Tickets For Fun (com taxa) e na bilheteria do Teatro Renault (sem taxa). Lauren Jauregui fará o show de abertura.

No Rio de Janeiro, clientes Vivo Valoriza têm direito a pré-venda exclusiva, que já está disponível e se encerra no sábado, às 10h. Na segunda-feira, 4, a venda geral começa às 10h.

A última performance de Jessie J no Brasil foi em 2022, no Rock in Rio.

Confira valores dos ingressos:

São Paulo

Pista premium: R$ 360 (meia entrada) e R$ 720 (inteira);

Pista: R$ 190 (meia entrada) e R$ 380 (inteira);

Mezanino: R$ 375 (meia entrada) e R$ 750 (inteira);

Camarote A: R$ 340 (meia entrada) e R$ 680 (inteira);

Camarote B: R$ 325 (meia entrada) e R$ 650 (inteira).

Rio de Janeiro

Pista premium: R$ 295 (meia entrada) e R$ 590 (inteira);

Pista: R$ 175 (meia entrada) e R$ 350 (inteira);

Camarote A: R$ 260 (meia entrada) e R$ 520 (inteira);

Camarote B: R$ 250 (meia entrada) e R$ 500 (inteira);

Balcão: R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira);

Frisa: R$ 200 (meia entrada) e R$ 400 (inteira).

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Após receber o pedido de um bolo de casamento em formato de castelo de uma noiva de 18 anos, a confeiteira britânica Sam Woodruff fez o pedido se tornar realidade - e entregou um "castelo" de conto de fadas de 3,9 metros de altura e 1,8 metro de largura à sua cliente. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Segundo o veículo, o bolo, no valor de £ 13 mil (cerca de R$ 81,9 mil), começou a ter sua estrutura criada em novembro do ano passado. O casamento de Madeline Burton com seu noivo Patrick, de 20 anos, foi no dia 12 de janeiro deste ano e a festa foi em um salão do hotel The Savoy, em Londres, cuja reserva custou aos noivos £ 50 mil (cerca de R$ 315,7 mil).

Sam contou ao jornal que demorou meses para elaborar e fazer as peças do bolo e que a montagem no dia levou seis horas no total e precisou de uma escada para que ela pudesse alcançar o topo. Ela afirmou que usou seis bolos redondos na base da estrutura, com o restante feito de poliestireno, e balões de LED nas janelas do "castelo", que foi coberto com 50kg de cobertura fondant e decorado com flores de seda e folhagem dourada.

Aos 48 anos, a confeiteira declarou que o castelo de Madeline foi o maior bolo que ela já criou em seis anos de experiência e que ela se emocionou ao ver o produto final quando ficou pronto.