SP Escola de Teatro lança livro "Eternizar em Escrita Preta", coletânea de dramaturgias de novos escritores negros

Lançamentos e livros
Tipografia
  • Pequenina Pequena Media Grande Gigante
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Livro, lançado pelo Selo Lucias, projeto editorial da SP Escola de Teatro e ADAAP, é a terceira edição das Coletâneas Solano Trindade, publicando os três autores negros premiados em 2022      
 

Como parte dos eventos em torno do Mês da Consciência Negra, a SP Escola de Teatro, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, idealizada e gerida pela Associação dos Artistas Amigos da Praça (ADAAP), lança no dia 22/11, às 19h, o livro "Eternizar em Escrita Preta", com três dramaturgias inéditas.

Os textos são dos jovens dramaturgos negros Apollo Faria, Dayani Pontes e Lu Varello, premiados em 2022 na terceira edição do Prêmio Solano Trindade, iniciativa da área de Extensão Cultural e Projetos Especiais da Escola, área coordenada por Miguel Arcanjo Prado e que conta com Rodrigo Barros, David Godoi e Solange Correia.

O livro é um lançamento do Selo Lucias, projeto editorial da SP Escola de Teatro e ADAAP, coordenado por Ivam Cabral, Beth Lopes, Elen Londero e Marcio Aquiles. O livro terá distribuição gratuita no dia do evento e, logo depois, estará disponível para download gratuito na página do Selo Lucias.
 

Neste novo livro, Apolo Faria traz a peça "Diário Negro"; Daiany Pontes nos apresenta "Cantata Descontínua das Águas Pluviais"; e Lu Varello escreve "Tá Faltando Iemanjá!". "São textos de enorme vigor teatral que certamente despertarão o interesse de encenadores em busca de novas proposições cênicas. Além disso, caracterizam-se como leitura valiosa aos que a ela se dedicarem. Viva Solano Trindade e um salve à essa nova dramaturgia preta que chegou com tudo para renovar e fortalecer o teatro brasileiro", diz Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro.    
 

O evento acontece no hall da unidade Roosevelt da SP Escola de Teatro, localizada na Praça Roosevelt, 210, Consolação. No dia 22, além do lançamento do livro, a SP Escola de Teatro irá anunciar os três vencedores do Prêmio Solano Trindade 2023, cujo livro será publicado em novembro de 2024. Na edição de 2023 do prêmio, a Escola recebeu inscrições de dramaturgias inéditas entre 6/9 e 29/10, e as peças foram julgadas por uma comissão especializada.        
 

A edição deste ano de "Eternizar em Escrita Preta" traz apresentação de Marília Marton, Secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, que analisa: "Cada vez que um jovem dramaturgo negro sobe ao palco, não apenas celebramos o presente, mas também escrevemos um capítulo valioso da nossa história cultural para as futuras gerações. Eles nos lembram que a arte é uma janela para a alma de uma nação, um elo que une passado, presente e futuro". O livro também tem prefácio de Ivam Cabral e textos de Miguel Arcanjo Prado, Denilson Tourinho e Viviane Pistache.
 

O Prêmio Solano Trindade é uma homenagem ao poeta, dramaturgo e diretor pernambucano Solano Trindade (1908-1974). Arte-ativista das causas negras, Trindade foi o criador do Teatro Popular Brasileiro (TPB), grupo formado por operários, domésticas e estudantes e que tinha como inspiração algumas das principais manifestações culturais do país. Atuou também na dança, criando em meados dos anos 50 um grupo referencial: o Brasiliana, reconhecido no Brasil e em temporadas no exterior.
 

Outras edições do prêmio

Da primeira edição, em 2020 e com livro em 2021, resultou a publicação das três dramaturgias: "Guerras Urbanas', de Camila de Oliveira Farias, do Rio de Janeiro, "Como Criar para um Corpo Negro sem Órgãos?", de Lucas Moura, de São Paulo, e "Medeia Homem", de Robinson Oliveira, do Rio Grande do Sul.  

Da segunda edição, de 2021 e com livro em 2022, resultou a publicação das três dramaturgias: "Atropelo", de Amanda Carneiro (São Paulo/SP), "Limiar ou Primeiro Impulso que Algo Aconteça", de Amanda Pessoa (Dourados/MS) e "Piscinas: um Estudo Sobre Águas", de Mariana Ozório (Belo Horizonte/MG). 

 

Em outra categoria

  • Na capital paulista, busca por intercâmbio registrou alta de 20% em 2023;
  • Evento apresentará programas voltados para todas as idades, desde adolescentes que buscam por preparação universitária; profissionais interessados por cursos de qualificação, e pessoas com mais de 50 anos

Com o objetivo de reunir em um só lugar as melhores escolas internacionais para atender quem quer estudar no exterior, o STB, consultoria especializada em educação internacional, promove no dia 16 de março, em São Paulo, a primeira edição da Feira do Intercâmbio STB em São Paulo. O evento, gratuito, acontece presencialmente e é voltado para os mais diversos públicos, entre eles adolescentes que buscam por preparação universitária, profissionais interessados por cursos de qualificação e até mesmo pessoas com mais de 50 anos que enxergam no intercâmbio a oportunidade de descobrir o mundo, fazer networking internacional e aproveitar o tempo livre com novas atividades de lazer.

Os participantes podem obter descontos de até 40% na escolha do programa durante a feira. As inscrições podem ser feitas no site do evento, e o ingresso dará acesso gratuito a palestras e rodas de conversa com quem já viveu essa experiência transformadora.

Esse é o maior evento de educação internacional realizado pelo STB, com instituições dos mais diversos países. “Nosso objetivo é oferecer aos brasileiros a oportunidade de contato com grandes instituições de ensino para que conheçam programas exclusivos. O STB terá uma loja durante o evento para oferecer aos participantes uma consultoria completa”, conta Christina Bicalho, vice-presidente do STB.

Dados do STB mostram que o mercado de intercâmbio na capital paulista apresentou crescimento de 20% em 2023 em relação a 2022.

Programação

Na programação do evento, estarão presentes instituições internacionais como UCLA Extension, New York FIlm Academy, Istituto Marangoni, Kaplan, EC English, Kings Education e muito mais. Jovens adolescentes terão informações sobre o programa Summer Discovery que oferece cursos para alunos do ensino médio durante as férias de julho nas universidades mais respeitadas dos Estados Unidos e Inglaterra. Nesse modelo, o estudante tem a oportunidade de aprofundar os estudos em uma área específica, como programação, liderança, moda, psicologia, produção musical, contabilidade & finanças, ciência forense, dentre outras opções.

Haverá atendimento também para programas de ensino médio no exterior (high school); intercâmbio para público 50+; estudo e trabalho e programas de trabalho nos Estados Unidos (Au Pair e Work and Travel); graduação e pós-graduação fora do Brasil (higher education); extensão universitária; intercâmbio em família e trabalho voluntário. Especialistas também estarão à disposição para fornecer mais informações sobre os diferentes tipos de cursos de idiomas.

“O STB atua há mais de 50 anos no mercado, oferecendo intercâmbios personalizados de acordo com os objetivos de vida de cada pessoa e para os mais diversos públicos, em todas as fases da vida. Com a feira, queremos justamente colocar nossos estudantes em contato direto com renomadas instituições de ensino globalmente conhecidas e que são parceiras do STB, para que possam tirar as dúvidas e escolher o melhor programa de intercâmbio”, afirma Christina.

SERVIÇO

Feira: Feira do Intercâmbio STB

Data: 16 de março

Horário: Das 13h às 18h

Local: Renaissance São Paulo Hotel - Alameda Santos, 2233, Salão das Américas, Jardim Paulista - São Paulo, SP

Inscrição:https://www.sympla.com.br/evento/feira-do-intercambio-stb/2332558?utm_source=assessoria&utm_medium=direto&utm_campaign=evento-geral-assessoria-trafego-feira_do_intercambio_sp

O evento é gratuito e aberto para todos os públicos

Oportunidades são resultado de uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-riograndense (IFSul)
 

Está aberto edital do Ministério do Turismo, em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-riograndense (IFSul), que oferece oito mil vagas em cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) na área de turismo.
 

Dentre as opções estão: agente de recepção e reserva em meios de hospedagem; copeiro; garçom; mensageiro em meio de hospedagem e espanhol básico e intermediário. As vagas foram abertas em janeiro deste ano, mas, após a uma retificação no edital, houve a disponibilização de outras 2 mil oportunidades.
 

Os cursos, oferecidos na modalidade EaD (ensino a distância), são uma chance de qualificação à comunidade, proporcionando acesso a conhecimentos e habilidades para o desenvolvimento pessoal e profissional. As inscrições vão até o dia 25 de fevereiro e podem ser feitas por meio do link Link.
 

MAIS QUALIFICAÇÃO - A oferta de qualificação profissional tem sido uma prioridade do Ministério do Turismo. Além do seu próprio conteúdo de formação disponibilizado no portal Link, o órgão também promove cursos por todo o país com diversos parceiros.
 

É o caso do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), que, em parceria junto ao MTur, está com mais de 500 vagas abertas para cursos de inglês e espanhol aplicados a serviços turísticos.
 

Condutores e guias de turismo, estudantes de Turismo e profissionais que atuam na cadeia produtiva do setor podem se inscrever até 03 de março, pelo link Link.
 

Há 268 vagas para os cursos de inglês e outras 260 para os de espanhol, sendo que o candidato pode se inscrever em apenas um deles.

Os interessados não precisam ter conhecimentos musical e ou vocal prévios e poderão participar de aulas experimentais gratuitas nos dias 23 e 26 de fevereiro

Escola de Música do Parque Ibirapuera, administrada pela Urbia, está com inscrição abertas para os cursos livres semestrais de musicalização 'Barulho não, Música!', voltado para crianças e de canto em grupo 'De tudo se faz Canção', para adultos. As vagas são limitadas e os primeiros inscritos recebem o desconto especial de 10% sobre o valor total em cada um dos cursos.
 

Os interessados, com ou sem conhecimentos musical e ou vocal prévios, poderão participar de uma aula experimental gratuita de musicalização nesta sexta-feira (23/2), das 9h às 10h30 ou 14h30 às 16h. Já no dia 26, a aula de canto em grupo será 19h30 às 21h. Para isso, os candidatos devem contatar a Central da Escola de Música pelo (11) 97669-6536 e confirmar a presença. As aulas experimentais acontecerão no Auditório do Parque Ibirapuera.  
 

O objetivo dos cursos é proporcionar uma introdução significativa ao mundo da música, por meio de instrumentos musicais ou canto, além de momentos de apreciação musical, explorações da linguagem, instrumentos e técnicas formais. Conheça os detalhes abaixo:
 

Musicalização Infantil – 'Barulho não, Música!'

O curso de musicalização 'Barulho, não! Música!', voltado a crianças entre sete e dez anos, terá início no dia 1° de março e as aulas ministradas sempre às sextas-feiras, na sede da Escola de Música do Parque Ibirapuera. Serão duas turmas com 20 vagas cada, divididas nos períodos da manhã, das 9h às 11h e tarde, das 14h30 às 16h30. As inscrições seguem até o dia 29 de fevereiro ou até as vagas serem preenchidas. Os interessados devem acessar o UrbiaPass para fazer a inscrição e obter mais informações.
 

O aprendizado será guiado pelo saxofonista e professor, Danilo Rocha. Ele é formado pela Escola de Música do Parque Ibirapuera e pela EMESP Tom Jobim (Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim). Atua como músico e professor em diversas escolas e projetos na cidade de São Paulo, além de ser integrante dos grupos Quarteto Saxofonando, Sexteto Ubuntu, Banda Aldeia e Banda Nova Malandragem.

 

Canto em grupo para adultos - 'De tudo se faz Canção'

O curso de canto em grupo 'De tudo se faz Canção', segue para a sua segunda edição, e é voltado a pessoas a partir de 18 anos. As aulas terão início no dia 4 de março e serão ministradas sempre às segundas-feiras, das 19h30 às 21h30, na sede da Escola de Música do Parque Ibirapuera. No total são 45 vagas e as inscrições seguem até o dia 3 de março ou até completar a capacidade máxima. Os interessados devem acessar o UrbiaPass para fazer a inscrição e obter mais informações.

 

O regente Daniel Reginato, reconhecido por seu talento como educador, artista e pesquisador musical será um dos professores do curso. Com vasta experiência em diversos contextos educacionais, Reginato terá como um de seus pontos principais os elementos da linguagem musical. Ele é mestre em Educação pela PUC São Paulo (Pontifícia Universidade Católica) e é bacharel em Música pela USP (Universidade de São Paulo).

 

Ensaios e apresentações

Ambos os cursos contemplam ensaios e apresentações em um dos palcos mais famosos de São Paulo, o icônico Auditório Ibirapuera, com plateia para até 800 pessoas. As aulas acontecerão no Auditório, obra arquitetônica de Oscar Niemeyer (Avenida Pedro Álvares Cabral - Parque Ibirapuera - entrada Portão 2).

 

Por dentro da Escola de Música do Parque Ibirapuera

A Escola de Música do Parque Ibirapuera é um importante centro de educação musical localizado em São Paulo. Oferece uma variedade de cursos e atividades para crianças, jovens e adultos, proporcionando uma formação musical de qualidade e estimulando a expressão artística. Com uma equipe de professores qualificada e uma estrutura de ponta, a escola é reconhecida por sua excelência no ensino da música brasileira.

O espaço oferece uma excelente estrutura com salas de aula e estúdios projetados para proporcionar conforto acústico e estimular a criatividade musical. O ambiente é amplo e foi cuidadosamente planejado para garantir a melhor experiência de aprendizado aos alunos.